terça-feira, 1 de maio de 2012

Decifrando rótulos: Você come pele de frango achando que é peito

Agora que vocês já têm várias opções de lanches saudáveis, iniciarei uma série sobre rótulos de alimentos, orientando a decifrar o que há por trás das propagandas e das informações dos rótulos, que muitas vezes não são devidamente interpretadas.
Vocês descobrirão nas próximas postagens que muitos alimentos rotulado como saudáveis não o são de fato.

Vamos começar pela LISTA DE INGREDIENTES

Graças à Resolução RDC 259 de 2002, as empresas são obrigadas a discriminar no rótulo todos os ingredientes contidos no produto. Então, vamos usufruir desses dados, e usá-los a nosso favor, para saber o que estamos colocando dentro do nosso organismo.

LEIA A LISTA DE INGREDIENTES: SAIBA O QUE ESTÁ INDO PARA SEU CORPO!
Trouxe 1 ótima razão para você passar a ler os rótulos dos produtos, e tem a ver com o título da postagem.

Afirmo, com pouca chance de errar, que você come pele de frango. Digo isso pois quase todo mundo que conheço come aquela empanado a base de carne de frango. Como não fica bem dizer a marca, mostro a foto:



Se você verificar o rótulo desse produto, verá que ele é feito com pele de frango. Copiei a lista de ingredientes de uma determinada marca para você ver:

Ingredientes:
Carne mecanicamente recuperada de frango, água, pele de frango, fécula de mandioca, gordura vegetal hidrogenada, proteína vegetal de soja, farinha de milho, farinha de trigo, estabilizante tripolifosfato de sódio, sal, antioxidante eritorbato de sódio, especiarias naturais (cebola, pimenta, alho, pimenta-branca), suco de limão, realçador de sabor glutamato monossódico, açúcar e espessante carragena.CONTÉM GLÚTEN.

Viu? Não é segredo, a informação está lá no rótulo, esperando que você leia.

Como será melhor abordado em outra postagem, a ordem de ingredientes deve seguir a ordem de proporção, ou seja, o 1° ingrediente da lista é o que está em maior quantidade e o último é o que está em menor.

Reparem que a pele de frango é praticamente o 2° ingrediente, já que o 2° é água. Portanto, podemos concluir que não há pouca pele de frango nesse empanado. 

E quanto ao primeiro ingrediente? O que é “carne mecanicamente recuperada de frango? Nada mais é que a carne que fica entre os ossos do frango, retirada por processo mecânico (como o nome já diz). Se não houvesse o empanado para colocá-la, essa carne seria descartada. Por isso é chamada de “carne recuperada”. E tem gente que acredita que está comendo peito de frango...

Por isso, não há dúvida que, mesmo assado, esse não é um produto que possa ser consumido com frequência - ainda mais por quem tem níveis de colesterol elevados - devido à grande quantidade de gordura da pele de frango e a presença de gordura vegetal hidrogenada, que é gordura trans. O que é gordura trans? Não se preocupem, teremos uma postagem só para ela. 

Dei um boa razão para gerar o hábito de leitura dos rótulos?

Espero que sim, e trarei muitas outras revelações nas próximas postagens.

20 comentários:

  1. Andréia, você é demais! Continue sempre com esse blog! É muito útil!

    Um abração aqui de Brasília!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Muito obrigada, meu fiel seguidor desde o youtube! Um enorme abraço daqui de SP também!

      Excluir
  2. Que bom este seu trabalho. Parabéns. Por favor continue. Faça matérias também sobre vegetarianismo. Há cinco anos não como carne e nem derivados de animais. Como é difícil se alimentar nessa sociedade carnívora. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Boa sugestão, agradecida!
      Abraços!

      Excluir
  3. Acabo de te assistir no Sem Censura e fiquei doidinha com tudo o que você falou, ó céus o vida o que varei agora com alimentação da minha filha de 18 meses, faço de tudo para ser a melhor o possível, mais já vi que erro muito! Mais como a Leda Nagle falou na entrevista: é um absurdo sermos enganados dessa forma. Do que adianta não dar toddynho e recorrer aos iogurtes se no final dá na mesma. Muito complicado, e por isso que agora que conheci seu trabalho, não saio mais do seu blog. Beijos saudáveis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fique desesperada, não. Ótimo você se preocupar com a alimentação da sua filha, esse é o primeiro passo. Espero que o blog possa auxiliá-las. Beijo!

      Excluir
  4. oi, Andrea. queria te pedir sugestões para um café da manhã saudável. p.s. gostei muito de você no programa hoje. beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Muito obrigada Lucas, foi um grande prazer participar, e levar informações sobre Alimentação e Nutrição para todo o país.
      Em algumas pautas intituladas “Opções de lanches saudáveis” há preparações que podem ser consumidas no café da manhã também. As opções mais adequadas seriam as estabelecidas individualmente para você, por meio de acompanhamento nutricional, onde seria possível indicar algo que atendesse seus hábitos alimentares, suas necessidades específicas de nutrientes, voltada para melhora de possíveis problemas de saúde (por exemplo, intestino preso, intolerância à lactose, colesterol alto). Mas, de maneira geral, é importante que o café da manhã tenha 1 porção do grupo do leite e derivados (1 copo de leite OU 1 fatia de queijo branco OU 1 copo de iogurte natural) + 1 porção de cereal (bolo caseiro, pão – de preferência integral - aveia, mandioca, batata-doce, cuscuz...) + 1 fruta ( ou 1 fatia de fruta).
      Mas você me deu uma boa ideia – fazer pautas com opções de alimentos para todas as refeições! Aguarde.
      Agradeço o contato!

      Excluir
  5. Oi Andréia,adorei seu blog..estou seguindo!! Os videos são maravilhosos..com certeza mta coisa ainda vai melhorar na minha dieta!! obrigada pelas informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo contato Carol! Fico feliz por contribuir para melhora de hábitos alimentares. Abraço!

      Excluir
  6. Eu sempre imaginei que essas coisinhas amarelas não eram ouro! hahaha mas eu pensava que o pior seria ser fritura...mas fazer algo que criança come tanto com pele de frango, é quase imoral!

    Ainda bem que quando meus filhos eram crianças eu era quase neurótica quanto a alimentação deles, aqui em casa só entrava essas coisinhas em festinhas e olha lá, assim como refrigerantes e doces. Eles sempre tomaram sucos e leite sem açucar e adoravam legumes.

    Minha sogra avó de dez netos antes deles, não entendia como eu conseguia faze-los comer cenourinha em palito, enquanto viam os desenhos...era o lanchinho! e eles amavam. Creio que era porque me viam comer e estava sempre a disposição, assim como sucos naturais e frutas.

    ...hoje ver meu neto comer salgadinho com todinho em caixa na casa dele me da arrepios, mas cada mãe educa como acha que deve...rsrrsrsr

    Sim! porque alimentação nada mais é que educação.

    Mais uma vez....parabéns Andréia.

    Gostei da ideia das refeições, e se puder me fala das granolas
    e da chia...forte abraço.

    ResponderExcluir
  7. Nunca fui amante desses tipos de alimentos, por conta da fritura. Minha mae fica impressionada como consigo cozinhar sem oleo ou manteiga. Mas e verdade faco tudo grelhado e vou jogando agua aos poucos, meu filho e marido adoram. Mas as vezes tenho uma caixinha coringa para as visitas e faco assado. Sendo que agora com essas infomacoes tao esclarecedoras, vou cuidar tambem das minhas visitas. Voce e incrivel, parabens. Fico impressionada com tanta coisa util para a midia divulgar, as emissoras de TV desperdicam com assuntos desnecessarios. Por isso que eu amo a TV Brasil, com o programa Sem Censura arrebenta nas entrevistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Daniely! Fico feliz por estar contribuindo para melhorar sua alimentação e até das visitas!
      Concordo com você, foi um enorme prazer ter participado do Sem Censura, numa TV que se preocupa em levar informação de qualidade para as pessoas.

      Excluir
  8. Evito ao máximo produtos congelados, tanto que em minha casa não há freezer e minha geladeira não tem congelador.
    Mas minha minha mãe, apesar de não comer carne vermelha, adora essas "patitas".
    Vivo dizendo a ela que esses empanados devem ser uma ENORME "porcaria". Agora, esse seu artigo veio ao encontro do que eu buscava para ratificar os meus argumentos.
    Ela ODEIA pele de frango! Tenho certeza de que nunca mais irá comer nuggets.
    Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  9. Admiro demais as pessoas que, assim como eu, “remam contra a maré”. Numa era de alimentos ultra processados você segue “na contramão”. Fantástico!
    E fico imensamente feliz em contribuir para melhorar ainda mais os hábitos alimentares da sua mãe!
    Muita saúde pra vocês!

    ResponderExcluir
  10. Oi Andréia. assisti você ainda há pouco no Sem Censura. gostei muito. Vou frequentar sempre o seu Blog e recomendá-lo aos amigos e familiares. Andréia, eu tenho uma curiosidade e gostaria de ver uma matéria sobre "salsichas". Salsichas são vendidas a preços ínfimos se comparados ao preço da carne. Aí eu me pergunto como pegar a carne, moer, temperar, embutir na "tripinha" e vender a 4,00 ou 5,00 reais o quilo. Na realidade de que são feitas?

    Meus parabéns, pela sua iniciativa. Muito obrigado.

    Fermino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá, agradeço o contato e fico feliz que tenha gostado do blog.
      Pelo próprio rótulo conseguimos identificar do que a salsicha é constituída. O preço é baixo pois nela são utilizadas partes de porco, boi e frango que não têm valor de mercado (pele suína, pele de frango, vísceras), que até seriam descartadas caso não tivessem inventado os embutidos.
      Dá uma olhada na postagem:

      http://andreiamouranutri.blogspot.com.br/2012/06/decifrando-os-rotulos-voce-come-fumaca.html

      Excluir